Sócrates mantém ministra e desvaloriza protesto dos professores

Março 16, 2008

09.03.2008 – 19h36 Ricardo Garcia

O primeiro-ministro, José Sócrates, disse hoje que mantém a confiança na ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, e na política em curso para o sector, apesar do protesto dos professores que levou cem mil pessoas ontem às ruas em Lisboa.

Sócrates disse que não vai demitir Maria de Lurdes Rodrigues. “Isto nunca esteve em causa”, afirmou, à saída de um encontro com jovens quadros, da inicitiva “Geração de Ideias”.

A manifestação de sábado não vai alterar a política do Governo. “As pessoas têm o direito de se manifestar. Mas era o que faltava se a acção governativa dependesse agora do nível das manifestações”, afirmou o primeiro-ministro. “Quem determina a acção governativa são os portugueses quando escolhem o governo. É bom que não nos esqueçamos disso”, completou.

José Sócrates admitiu, porém, que o sistema de avaliação dos professores, em curso desde Janeiro, poderá ser melhorado. “Nós estamos muito disponíveis para ouvir boas sugestões para que os métodos de avaliação melhorem. É este trabalho, aliás, que a ministra está a fazer com as escolas, com os conselhos directivos”, afirmou.

%d bloggers like this: